Seja um Líder Catalítico em 2012

Aprecio o conceito da catálise, tanto na ciência quanto na vida pessoal e corporativa. Ser um líder catalítico, no sentido figurado, significa desencadear, incentivar e estimular, através da sua liderança, uma visão positiva do futuro para o ano que vai nascer.

Quando visualizamos o futuro que desejamos para nós e para os outros, e quando pensamos seriamente no legado que queremos deixar, temos maior probabilidade de dar o primeiro passo nesse sentido. Mas, se não temos a mais leve esperança de ver nossos sonhos e aspirações realizados, então as chances de dar certo são zero. Na verdade, seremos incapazes até mesmo de ver a chance que está diante dos nossos olhos.

Diante das perspectivas de crescimento do Brasil, empresas de todos os setores traçam planos para elevar o patamar de seus negócios, focadas em aproveitar os bons ventos da economia que fazem do nosso país a bola da vez. Ao vislumbrar o futuro, muitas organizações vão precisar de líderes catalíticos para empreender o caminho do desenvolvimento.

Vivemos um momento para o qual não estávamos prontos. É preciso fazer uma opção estratégica pela formação de líderes competentes. Líderes com capacidade de visualizar o futuro, de olhar para além dos horizontes do tempo e imaginar as grandes oportunidades que estão por vir. Eles veem algo que está lá na frente, vago como possa parecer a distância, e imaginam que coisas extraordinárias podem acontecer, e que as coisas comuns podem tornar-se nobres. Eles são capazes de concretizar uma imagem ideal e única do futuro para o bem comum.

Mas essa visão não é só do líder catalítico. Deve ser uma visão compartilhada. O líder catalítico sabe que todos nós temos sonhos e aspirações. “O ser humano é o único animal capaz de pensar sobre o futuro”, escreveu Daniel Gilbert, professor de psicologia da Harvard University. Se todos nós pensamos no futuro, todos nós queremos que amanhã seja melhor que hoje. Os líderes catalíticos devem ter certeza de que sua visão é compartilhada por outras pessoas. Quando as visões são compartilhadas, elas atraem mais gente, mantêm níveis mais altos de motivação e enfrentam mais desafios do que aquelas que pertencem a uma só pessoa.

O líder catalítico deve ter uma visão voltada para o futuro, mas não se espera que imponha sua visão do futuro aos outros. O que as pessoas desejam realmente ouvir não é tão somente a visão do líder. O líder catalítico sabe que não pode mobilizar as pessoas para viajarem voluntariamente a lugares aonde não desejam ir.  Tenha o tamanho que tiver o sonho de um visionário, se as outras pessoas não virem nele a possibilidade de realizar seus próprios sonhos e desejos, elas não o seguirão de boa vontade.

Os líderes catalíticos devem deixar claro como essas pessoas também se beneficiarão da visão de longo prazo do futuro, de como suas necessidades específicas serão atendidas.

Eis oito perguntas que o líder catalítico pode usar como catalisadores para clarificar sua visão de futuro:

  1.  Como gostaria de mudar o mundo, para mim mesmo e para minha organização?
  2.  Como gostaria de ser lembrado?
  3.  Se eu pudesse inventar o futuro, como o inventaria para mim e minha organização?
  4. Qual é meu sonho com relação a meu trabalho?
  5. Qual é minha capacidade ou talento mais característico?
  6. Que tipo de trabalho considero absorvente, envolvente e cativante?
  7. Como me vejo, daqui a dez anos (2022), se eu continuar absorvido, envolvido e cativado por meu trabalho?
  8. Como seria a organização ideal para mim?

Reúna todas as informações que puder e redija seu ideal e sua imagem particular do futuro que deseja para si e para sua organização.

Agora vamos perguntar aos nossos colaboradores quais são as aspirações deles. A questão é esta: identifique aqueles que se interessam hoje, e se interessarão amanhã, pelos resultados daquilo que você visualiza.

Peça-lhes para dizer o que gostam e o que não gostam em seu produto, serviço, programas, políticas, práticas de liderança e assim por diante. Mas não pare por aí. Pergunte também coisas do tipo:

  1. 1.  Se você pudesse criar uma empresa ideal, como ela seria?
  2. 2.  Quais qualidades tornariam tal empresa um lugar agradável para trabalhar?
  3. 3.  Descreva o tipo de organização que o leva a dizer “Mal posso esperar a hora de ir para o trabalho lá (ou fazer compras lá, ou investir lá)”.
  4. 4.  Olhando para 2022, diga qual o tipo de organização, comunidade ou mundo que você gostaria de ver.
  5. 5.  Quais são seus sonhos e esperanças em relação a si mesmo e à sua família?
  6. 6.  O que o mobiliza a dar o máximo de si?

Há outras questões como essas. A ideia é formulá-las e depois registrar as respostas das pessoas sobre suas esperanças, sonhos e aspirações. O líder catalítico busca saber o que as motiva e impulsiona. Quer mostrar também que valoriza as opiniões deles, e que ouve atentamente seus pensamentos.

Os líderes catalíticos são proativos ao pensar sobre o futuro. Eles estão sempre atentos às novidades que vão surgindo nos campos da tecnologia, demografia, economia, política, artes e todos os demais aspectos da vida, dentro e fora da organização. Eles devem ser o departamento do futuro da organização que comandam.

Feliz futuro em 2012.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s