FEEDFORWARD, prospectando o futuro

Os seres humanos bem-sucedidos mantêm sua mente concentrada no que desejam da vida – e não no que eles não querem. No mundo de hoje, da alta velocidade e alta tecnologia, a observação de Shakespeare – “O que passou é um prólogo” – é especialmente apropriada. Tudo que fizemos no passado serve apenas como uma preparação para a próxima tarefa. E a próxima tarefa tem a ver com o futuro.

Quando visualizamos o futuro que desejamos para nós e para os outros, e quando pensamos seriamente no legado que queremos deixar, temos muito maior probabilidade de dar o primeiro passo nesse sentido.

Formar líderes exemplares, fortalecendo seus liderados.

Fortalecer os colaboradores é essencialmente um processo de transformar os liderados em líderes – de tornar as pessoas capazes de agir por sua própria iniciativa. Cria-se, assim, uma onda positiva, com o poder e a responsabilidade sendo transferidos a outros, e as pessoas agindo corretamente.

Acrescentamos que ser líder significa ser uma pessoa a serviço de outras, tendo como satisfação pessoal a satisfação dos companheiros, vendo no crescimento e progresso dos seus seguidores o seu próprio progresso e crescimento, e, no bem-estar de cada um, o seu próprio bem-estar. A Mileris busca: Formar líderes exemplares, fortalecendo seus liderados. Para tanto está lançando um seminário que vai tratar dessa nova ferramenta de gestão para promover o alinhamento das metas organizacionais e pessoais.

No âmago desse empenho em fortalecer os outros, está a criação de um clima em que as pessoas se sintam totalmente engajadas e no controle das próprias vidas. Em suma, o que você, na condição de líder, deve fazer é transformar seus liderados em líderes. Para realizar essa tarefa é preciso adotar a cultura de coaching que é  um processo, com início, meio e fim, definido em comum acordo entre o coach (líder) e o coachee (colaborador) conciliando as metas organizacionais e pessoais, onde o gerente, como líder, apoia seu  colaborador na busca de realizar metas de curto, médio e longo prazo, através da identificação e uso das próprias competências desenvolvidas, como também do reconhecimento e superação de suas fragilidades.

Quando tratamos das fragilidades, geralmente adotamos o paradigma do feedback.

Feedback é um tema que nunca sai de moda nas empresas. Porém, queremos colocar em pauta um novo conceito para o desenvolvimento humano que é o feedforward. Acreditamos  muito neste conceito, justamente por sua orientação para o futuro. Tanto o feedforward quanto o coaching são orientados para o futuro. São técnicas complementares. Achamos incongruente trabalhar coaching combinado com feedback à moda antiga. Não faz muito sentido mais continuar nesta direção.

A Revista VOCÊ S/A na edição nº 148, página 41, de outubro de 2010 publicou uma pesquisa realizada com 237 gestores onde 90% deles confessaram não saberem aplicar feedback corretamente, apesar de acreditarem que esta ferramenta é poderosa na gestão de pessoas para desenvolvimento comportamental de seus colaboradores. Na mesma pesquisa também foi destacado que 57% dos subordinados declararam que se sentiriam mais motivados e capacitados se recebessem feedback positivo e ou de desenvolvimento. Tais números deixam claro que a prática do feedback não consegue demandar melhorias significativas no desempenho dos colaboradores.

A evolução dos processos de desenvolvimento humano caminham para o coaching com feedforward. Feed, como mecanismo alimentador e Forward, significando para frente, futuro.
feedforward joga luzes para questões do tipo:

  • O que posso fazer para ter melhor performance de hoje em diante?
  • O que posso fazer para ter melhores comportamentos de hoje para frente?
  • O que posso fazer hoje que iniciará um processo de mudança com ótimos resultados no futuro?
  • Que pequenas ações posso realizar hoje, e amanhã e depois de amanhã… O que o somatório dessas ações vão me propiciar no futuro?
  • Quais os benefícios que terei com as mudanças realizadas?
  • Como me sentirei após alcançar as metas de melhoria?
  • Estarei livre para ser “o que” depois desta mudança?

Observamos que as pessoas que conseguem responder a estas perguntas, também conseguem se auto motivarem para o processo de mudança. Adquirem uma visão de futuro inspiradora, além de uma alegria interior a cada pequena conquista realizada, se tornando uma pessoa mais autoconfiante e engajada com a causa.

É consenso geral, no mundo corporativo, que dar e receber feedback é considerada habilidade essencial a um líder. As pessoas precisam saber como estão se saindo, se seu desempenho está atendendo às expectativas e como podem melhorar. Tradicionalmente, os líderes passam essas informações em forma de feedback e recebem de volta em forma de sugestões, ideias inovadoras para produtos e serviços e opiniões a respeito de seu estilo de liderança. Essas informações compõem o feedback em 360 graus, mas seu foco é em eventos do passado, e não nas infinitas possibilidades do futuro. O feedback é limitado e estático, e não expansivo e dinâmico.

As pessoas gostam de receber feedforward por várias e boas razões. Elencamos dez razões, para os líderes modernos, experimentarem o feedforward dentro das organizações. Vamos destacar a primeira para exemplificar a lógica do novo paradigma:

  1. Podemos moldar o futuro, não o passado. O feedforward ajuda a visualizar e enfocar um futuro positivo, em vez de um passado negativo. Quando oferecemos a alguém boas ideias, aumentamos suas chances de sucesso. É mais produtivo ajudar um indivíduo a estar certo do que provar que ele estava errado. Feedback negativo geralmente se resume em provar que o outro está errado, o que só serve para deixar quem escuta na defensiva e fazer quem fala se sentir desconfortável. Mesmo o feedback construtivo costuma ser visto e percebido como negativo. O feedforward é positivo, porque se concentra nas soluções. Ele orienta o nosso líder a começar pensando no fim, conscientizando-o de qual seja o sonho que quer realizar, e depois imaginar como proceder para que isso aconteça. Ele fortalece a “vontade de realização” que induz o colaborador a esforçar-se para melhorar ou satisfazer um padrão de excelência.

As demais razões, bem como a metodologia para a aplicação dessa ferramenta, serão apresentadas no seminário de liderança que será apresentado pela Mileris Consultoria e Treinamento em março próximo. Inscreva-se e venha conhecer instrumentos que farão com que seus liderados se transformem em líderes também.

Anúncios

One thought on “FEEDFORWARD, prospectando o futuro

  1. Olá! Estou iniciando meu trabalho de conclusão de curso TCC de gostaria de falar sobre o tema Feedforward, porém estou com dificuldade em encontrar referencias bibliográficas sobre o assunto. Será que poderiam me indicar? Desde já, grata pela atenção.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s