A colaboração melhora o desempenho

A colaboração é a competência mais importante para se alcançar e sustentar o alto desempenho. Precisamos aprender como combinar nossas habilidades com as dos outros da nossa equipe.

Nas centenas de casos que estudamos, não encontramos um único exemplo de realização extraordinária que houvesse ocorrido sem o envolvimento ativo e o apoio de muita gente. Os líderes que desejam executar sua gestão com consistência, precisam aprender como formar uma equipe coesa e colaborativa.

Colaborar

Para qualquer grupo de pessoas alcançar experiências positivas, é necessário que elas tenham objetivos comuns, ou seja, que tenham motivo para estar juntas. Ninguém consegue, sozinho, educar uma criança, ou construir um carro de qualidade, produzir um filme, gerir um hotel, conectar um cliente à Internet ou tratar de um doente. Ninguém pode fazer essas coisas – nem realizar tarefas corporativas – sozinho.

Um dos principais ingredientes para a cooperação e a colaboração é o senso de interdependência, em que cada membro da equipe tem consciência de que só poderá ter sucesso se todos tiverem, ou pelo menos de que não poderão ter sucesso se não coordenarem seus esforços. Se não houver um sentimento de que “estamos todos juntos nisso”, de que o sucesso de um depende do sucesso de outro, então será virtualmente impossível criar condições de ter uma equipe de alto desempenho.

No âmago da colaboração está a confiança. Este é o ponto central das relações humanas, dentro e fora das organizações. Sem confiança, não há como liderar e conseguir melhor desempenho. Sem confiança não se realiza nada de grandioso.

Para construir e manter as conexões sociais, é necessário que você confie nos outros, e que os outros confiem em você. Muitos estudos importantes, baseados em pesquisas, dão apoio à prática de ações formadoras de confiança, realizadas por líderes exemplares. De acordo com um estudo realizado pela PricewaterhouseCoopers sobre inovação corporativa nas empresas participantes da lista das 100 maiores do Financial Times, a confiança foi o “diferenciador número 1” entre 20% das empresas pesquisadas, do universo formado por 20% das primeiras da lista. Foi a colaboração e a confiança dessas empresas de alto desempenho que permitiu às pessoas transformarem as metas estratégicas em realidade. Quanto mais as pessoas sentem que se confia nelas, tanto melhor colaboram e inovam.

Os líderes competentes sabem que, para criar um clima de colaboração, precisam saber quais são as necessidades do grupo para realizar suas tarefas. Sabem também que, para manter o grupo em torno de um propósito comum com respeito mútuo, é precisa fomentar a colaboração.

A liderança não é uma carreira-solo, mas um trabalho em grupo. Em um mundo que tenta fazer mais com menos, as estratégias competitivas naturalmente perdem para as estratégias que promovem a colaboração. Para os líderes competentes, a mensagem está clara: colaboração é sinônimo de alto desempenho!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s