Não basta baixar custos. É preciso inovar.

As últimas décadas foram dedicadas, pelas empresas mundo afora, na busca pela excelência operacional. O corte de custos, o downsizing, os sistemas de gestão consagrados como o Seis Sigma ou os programas e metas de eficiência não estão bastando para destacar-se  da concorrência e conquistar mais clientes  ou encantar consumidores.

Para um dos maiores especialistas em inovação – o professor, consultor, escritor e palestrante internacional Rowan Gibson – não existe plano B: é inovar ou inovar. “O combustível de todo tipo de crescimento hoje no mundo corporativo é a inovação. Sem ela, não há crescimento sustentável a longo prazo”, afirma o professor.

Continue lendo

A visão é a força que inventa o futuro

As pessoas esperam que seus líderes sejam entusiásticos, vigorosos e positivos em relação ao futuro.

Quando as pessoas nos relatam suas experiências mais bem-sucedidas de liderança pessoal, sempre falam do tempo em que vislumbravam com entusiasmo um futuro bastante atraente para suas organizações. Tinham visões e sonhos do que poderia ser. O sonho, ou a visão, é a força que inventa o futuro. Os líderes que antecipam uma visão do futuro são inspiradores.

Continue lendo

Insensatez

O papel do líder é criar um ambiente no qual as pessoas se sintam apaixonadas pelo que estão fazendo e se orgulhem disso. Isso é sensato.

Entretanto, o que temos visto é que, no meio corporativo, a liderança tem focado em demasia nas metas e resultados e acaba, insensatamente, tratando as pessoas como elementos que geram receita. Essa postura ou insensatez, afasta os gestores e líderes das pessoas e criam ansiedade e medo na equipe comprometendo resultados.

É preciso manter o foco nos resultados, sem perder o contato com quem produz esses resultados, que são as pessoas.

Continue lendo

O Biossistema Da Inovação Exige Uma Liderança Inspiradora

Inovação significa mudança e mudança exige uma liderança inspiradora. A liderança está ligada ao processo de inovação, ao aporte de novas ideias, métodos ou soluções.

Pesquisas mostram que, nos dias de hoje, sete entre dez funcionários não se sentem envolvidos com seu trabalho, disse Dov Seidman, consultor especializado em construir empresas com princípios. Pior: 84% deles cumprem suas tarefas por medo ou coerção, 12% por motivação e apenas 4% por inspiração, que Seidman acredita ser o único modo de gerar uma autêntica cultura de inovação.

Para intervir em operações deficitárias, criar novas unidades de produção, desenvolver novos produtos ou serviços, incorporar novos procedimentos, reerguer operações ameaçadas de cancelamento ou liberar o espírito de criatividade sufocado por exigências burocráticas, precisamos de líderes inspiradores que façam coisas que nunca tinham sido feitas e descubram lugares nunca dantes descobertos. O trabalho do líder é mudar. E toda mudança exige que os líderes busquem ativamente formas de tornar as coisas melhores, crescer, inovar e melhorar.

Como buscar maneiras de inovar?

Continue lendo

A colaboração melhora o desempenho

A colaboração é a competência mais importante para se alcançar e sustentar o alto desempenho. Precisamos aprender como combinar nossas habilidades com as dos outros da nossa equipe.

Nas centenas de casos que estudamos, não encontramos um único exemplo de realização extraordinária que houvesse ocorrido sem o envolvimento ativo e o apoio de muita gente. Os líderes que desejam executar sua gestão com consistência, precisam aprender como formar uma equipe coesa e colaborativa.

Colaborar

Continue lendo

Flexibilidade, uma competência emocional

Vemos a liderança como um fenômeno de como homens e mulheres guiam outras pessoas através da adversidade, da incerteza, da necessidade, dos transtornos, da transformação, da transição, da recuperação, dos novos começos e de outros significativos desafios.
Vemos também que a liderança é um estudo de pessoas que triunfam sobre formidáveis dificuldades, que tomam a iniciativa diante da inércia, que confrontam a ordem estabelecida, que mobilizam pessoas e instituições para enfrentar grandes resistências. É ainda o estudo de como homens e mulheres, em tempos de imobilismo e de acomodação, desenvolvem a flexibilidade para despertar todos para novas possibilidades.

Continue lendo

FEEDFORWARD, prospectando o futuro

Os seres humanos bem-sucedidos mantêm sua mente concentrada no que desejam da vida – e não no que eles não querem. No mundo de hoje, da alta velocidade e alta tecnologia, a observação de Shakespeare – “O que passou é um prólogo” – é especialmente apropriada. Tudo que fizemos no passado serve apenas como uma preparação para a próxima tarefa. E a próxima tarefa tem a ver com o futuro.

Quando visualizamos o futuro que desejamos para nós e para os outros, e quando pensamos seriamente no legado que queremos deixar, temos muito maior probabilidade de dar o primeiro passo nesse sentido.

Formar líderes exemplares, fortalecendo seus liderados.

Fortalecer os colaboradores é essencialmente um processo de transformar os liderados em líderes – de tornar as pessoas capazes de agir por sua própria iniciativa. Cria-se, assim, uma onda positiva, com o poder e a responsabilidade sendo transferidos a outros, e as pessoas agindo corretamente.

Acrescentamos que ser líder significa ser uma pessoa a serviço de outras, tendo como satisfação pessoal a satisfação dos companheiros, vendo no crescimento e progresso dos seus seguidores o seu próprio progresso e crescimento, e, no bem-estar de cada um, o seu próprio bem-estar. A Mileris busca: Formar líderes exemplares, fortalecendo seus liderados. Para tanto está lançando um seminário que vai tratar dessa nova ferramenta de gestão para promover o alinhamento das metas organizacionais e pessoais.

Continue lendo